Virus perigoso

Estado Islâmico pode usar ebola como arma contra o Ocidente

Teoria defende que grupo jihadista estaria recrutando militantes para contrair o vírus e viajar para países onde querem causar estragos

 
"No contexto da atividade terrorista, não é preciso muita sofisticação para transformar um ser humano em um verdadeiro transportador do vírus", diz especialista
Foto: AP

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) pode estar pensando em usar o ebola como uma bio-arma contra os países do Ocidente. A teoria, apesar de assustadora, ainda não foi confirmada e é vista com ceticismo por alguns especialistas. As informações são doDaily Mail.

Segundo a publicação, a hipótese foi levantada por um especialista em assuntos militares. A ideia seria de que o EI - que possui ligação com o a linha de terrorismo conhecida como "terrorismo-suicida" - estaria recrutando militantes para contrair o vírus do ebola e viajar para países onde querem causar estragos, expandindo a epidemia e causando ainda mais mortes.

O capitão Al Shimkus, professor de assuntos de segurança nacional no Naval War College, dos EUA, acredita que a teoria é "inteiramente plausível". "No contexto da atividade terrorista, não é preciso muita sofisticação para transformar um ser humano em um verdadeiro transportador do vírus", disse.

 

Notícias

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!